sábado, 21 de janeiro de 2017

Apresentações



Bem, para quem está a pensar que este é outro blogue de uma família grande, igual a tantos outros que há por aí, desengane-se! É verdade que somos uma família numerosa (4 filhos) e este blogue incide sobre as pequenas/grandes loucuras que vão surgindo no nosso dia a dia, mas a grande diferença para os outros blogues do mesmo género é que nós NÃO SOMOS BETOS!!! Eu não me chamo Bernardo, a minha mulher não se chama Teresinha (ou qualquer coisa acabada em “inha”) e os nossos filhos não se chamam Carlota, Carminho, João Maria, Salvador ou Martim.

Passemos, então, às apresentações:

O Pai – Chamo-me Pedro, tenho 43 anos e sou docente universitário. Tenho uma extensa coleção de banda desenhada (principalmente dos super-heróis da Marvel) e consigo dissertar durante horas sobre qualquer personagem, desde o ridículo Rhino, ao incrível e poderoso Thor. Tenho, também, uma variada panóplia de Nerfs, Sabres de Luz, espadas e pistolas, sobre as quais alimentei, durante anos, esperanças de grandes brincadeiras. Ia-me saindo tudo furado, uma vez que os 3 primeiros foram filhas…



A Mãe – A Mãe é a Sara e tem 33 anos. É empresária e eu costumo dizer que é a mulher mais parecida com um homem que eu conheço. É despachada, descomplicada, alinha nas loucuras e nas brincadeiras (até certo ponto – é péssima nas brincadeiras de lutas…) e mantém a organização e a sanidade numa casa onde se comem 12 bananas por dia.




A Filha Nº 1 – A nº 1 é a Sofia e tem 9 anos. É o exemplo perfeito de honestidade , responsabilidade e ingenuidade. No outro dia, já deitada para dormir, chamou-me ao quarto e disse-me:
- Pai, tenho de falar contigo…
- Diz, filhota.
- Acho que vais ficar chateado…
- Diz lá.
- Promete que não ficas chateado!!!!
- Ó Sofia, diz lá!!
- No outro dia roí as unhas…
- ...




A Filha Nº 2 – É a Alice e tem 6 anos. É o oposto da irmã. O que a irmã tem de honestidade e sinceridade, esta tem de sacanice e de sentido de humor. É uma velhaca,  o anticristo, a besta 666, mas também é do mais ternurento que pode haver. Num segundo é capaz de fazer a maior sacanice à irmã mais velha ou à irmã mais nova, e, no segundo seguinte, está a esmagá-las com abraços e beijinhos. Quando tinha 3 anos, a Mãe foi buscá-la à escola e ela estava, com outro coleguinha, acocorada a brincar no pátio. A Sara aproximou-se e disse “Alice!!!”; a Alice, sem se levantar ou esboçar qualquer reação, olha para ela, olha para o amigo, olha para ela, olha para o amigo e diz ao amigo: “Quem é ésta?”…




A Filha Nº 3 – A Petra  tem 22 meses e ainda não há muito a dizer sobre ela. Foi a nossa 1ª tentativa assumida de ter um rapaz. A expectativa era tanta que não quisemos, até ao fim da gravidez, saber se era menino ou menina só para prolongar a esperança. Foi a nossa bebé mais calma. Comia e dormia tranquilamente, sem nenhum esforço. Tem alguma da sacanice da Alice, mas fisicamente parece-se mais com a Sofia.



O Filho Nº 4 – Yes!!!!!!!! É Macho!!!!! Chama-se Simão, tem 4 meses e vai ser jogador de futebol. É graças a ele que eu e a minha mulher, de aqui a 18 anos, vamos ser como a D. Dolores!!!